top of page

Nadando com Thiago Pereira inclui ações voltadas ao meio ambiente e responsabilidade social

Thiago Pereira é o embaixador do projeto Nadando com Thiago Pereira, realizado em Volta Redonda (RJ) e que teve início em agosto de 2022. O projeto inclui em seu programa, em parceria com o Instituto Thiago Pereira, ações voltadas ao meio ambiente, além de atuar no campo da responsabilidade social.

Atendendo a crianças e adolescentes entre 7 e 17 anos, ensinando-os a nadar para redução do risco de afogamento, o projeto conta com toda a infraestrutura e apoio técnico para a prática da natação. Os jovens recebem todos os materiais necessários à prática da modalidade, como uniforme, maiô, sunga, touca e óculos. Além disso, os organizadores distribuem kits com lanches em todas as aulas.

“Os lanches auxiliam na alimentação dos alunos, proporcionando algo para o pós atividade. Todos os alunos recebem diariamente, após cada aula, um suco de caixinha, um biscoito de 30g e uma barra de cereal”, comentou Carlos Eduardo de Sá, o Caê, coordenador técnico do projeto.

A inclusão também faz parte do trabalho com os alunos. Previamente 50% das vagas seriam destinadas a crianças e adolescentes da rede pública de ensino de Volta Redonda (RJ), mas a meta foi superada e hoje o número chega a 70%, incluindo alguns alunos com Síndrome de Down.

Impacto Ambiental

Alguns dos objetivos do projeto se baseiam nas ODS, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU para 2030.

As ações, realizadas pelo Instituto Thiago Pereira, visam incentivar as crianças a desenvolverem consciência em relação ao planeta e nossa sociedade, além da importância da preservação da água e outros recursos naturais.

Uma das iniciativas, a coleta de tampas de plástico, foi revertida em uma cadeira de rodas para o Parque Aquático.

“A coleta de tampinhas é uma ação para reverter em benefício social e ajudar na conscientização sobre a necessidade de reduzirmos o lixo plástico e o seu descarte. Nossa ação para o recolhimento dessas tampinhas será revertida em uma cadeira de rodas, um item que precisamos aqui no Parque Aquático”, completou Caê.

Além das tampinhas, cartazes foram espalhados pelo parque com informações para a preservação do Rio Paraíba do Sul, como meio de conscientização de alunos e frequentadores.

“Como o Parque Aquático é rodeado pelo Paraíba do Sul, é uma ação bastante relevante. Criamos um conjunto de placas de conscientização sobre a importância de cuidar do nosso rio e com orientações sobre como fazer isso. É uma forma de prepararmos as nossas crianças para preservarem o mundo de hoje para o amanhã”, finalizou o coordenador técnico do projeto.

Contemplado pela Lei Federal de Incentivo ao Esporte, o projeto Nadando com Thiago Pereira atende 280 crianças e adolescentes, desde agosto de 2022. Um dos objetivos de Thiago é conscientizar a população sobre o afogamento, a segunda maior causa de morte acidental de crianças e adolescentes de zero a 14 anos, segundo dados do Ministério da Saúde.

Como forma de combater essa realidade brasileira, o projeto Nadando com Thiago Pereira é destinado ao aprendizado da natação, e ao mesmo tempo a proporcionar mais saúde e transmitir valores importantes para as crianças, sem objetivo de preparar para alto rendimento e competições.

A iniciativa conta com o patrocínio da Fundação CSN e da CSN – Companhia Siderúrgica Nacional, da EQI Investimentos e da Viação Urubupungá, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, e é realizada pela Associação Formar em Ação.

Volta Redonda (RJ) conta com a principal unidade fabril da CSN, a Usina Presidente Vargas, e onde há projetos próprios da Fundação CSN, como o Garoto Cidadão. O projeto Nadando com Thiago Pereira conta, também, com parceria da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer e da Prefeitura de Volta Redonda. Mais informações podem ser confirmadas através do telefone (24) 3339-2480.


Comments


bottom of page